Bordados, volume e muita ousadia vêm forte nos desfiles do CasaModa Noivas

A primeira edição do CasaModa Noivas em Belo Horizonte reúne 12 grandes estilistas que vão expor suas peças com o desejo de participar do tão aguardado dia do “sim” dos casais mineiros. O salão, que já faz parte da agenda relacionada a casamentos em São Paulo, acontece em BH nos dias 7 e 8 de outubro, e traz para as passarelas marcas como Cosh, Danielle Benicio, La Vita noivas, Poison Cymbeline, Solaine Piccoli e Tete Rezende. Além disso, outras empresas voltadas para o setor participarão com estandes no evento.

A grife Cosh promete levar às passarelas uma celebração dos seus 20 anos de mercado. Com um mix de peças conceituais que marcaram essas duas décadas, a marca apresenta muito bordado manual e uma atenção cada vez mais forte com a modelagem. Os comprimentos vão dos curtos aos longos e as cores variam do tradicional branco e off White até o marinho.

cosh

Solaine Piccoli desfila peças inspiradas na Rainha Victória, uma das maiores rainhas da Inglaterra. A mulher de personalidade forte com uma dose de romantismo é representada com rendas francesas, combinado aos bordados manuais com toques suaves de dourado, saias pomposas e decote. Esse mesmo perfil de noiva é o foco da Danielle Benício, que em sua coleção 2016 traz uma minuciosidade ainda maior na escolha da matéria-prima a ser trabalhada. Com peças exclusivas e produção em curta escala, Danielle apresenta vestidos fluidos com base desestruturada, passando pelos clássicos rendados e chegando aos tecidos mais rígidos. Renda francesa, tules e seda pura italianos são a base dessa coleção, além dos bordados.

danielle benicio

Os noivos não foram esquecidos. Tete Rezende, que estará lançando seu novo espaço em BH durante o evento, mostra que eles também são protagonistas e veste os homens da cabeça aos pés. Para elas, o desfile terá um conteúdo bem conceitual e performático, com pegada romântica e contará com modelos esbanjando rendas importadas e bordados em pérolas. Os comprimentos variam entre curtos e longos, com modelagens sempre clássicas e elegantes.

tete rezende

Com uma performance típica da Espanha, a La Vita pretende mostrar ao público suas peças que são confeccionadas e projetadas no país europeu. Serão exibidas  as coleções 2016 de marcas como Raimon Bundó, Jesus Peiro e Villais. As coleções  em alta costura apostam em tecidos exclusivos como shantung de seda, brocados e rendas, buscando a valorização das silhuetas, num constante equilíbrio de leveza, romantismo e elegância. As mangas (curtas e compridas) e os vestidos lisos com volume são algumas das apostas. Um dos destaques promete ser o vestido de noiva com bolso.

La vita

A Poizon, representante belo horizontina da francesa Cymbeline, virá para as passarelas do salão mineiro com propostas semelhantes às que foram apresentadas na Barcelona Bridal Week, semana de Moda mais importante de noivas que acontece anualmente. Serão diversos estilos que vão desde os modelos “lisos” em cetim e tafetá onde o  principal detalhe são os cortes impecáveis. Modelos trabalhados com rendas e bordados também estão inclusos. Os shapes vêm variados, desde os mais “princesas” até os semi-sereias e os modelos mais fluidos, perfeitos para casamentos no campo ou na praia.

Também estão entre os expositores grandes nomes nas áreas de lingerie, acessórios, mobiliário e decoração, make up e hair, damas e pajens, calçados, convites, gastronomia e estrutura para festas.

TAGS: \ \ \ \ \ \ \ \