Dia 06 de Dezembro, DJs Marcelinho da Lua e Fausto no CCCP

 

O renomado produtor e DJ carioca Marcelinho da Lua é um dos nomes mais requisitados da cena eletrônica no Brasil. Em parte, isso se deve à popularidade conquistada por juntar o dub jamaicano a ritmos brasileiros e ao drum & bass. Sua trajetória começou no final dos anos 90, quando era roadie da banda de rock Coma. Nessa época, ele também atuava como técnico de som no Hanoi Studio (de propriedade de Arnaldo Brandão, vocalista do extinto grupo de pop rock dos anos 80, Hanói Hanói), na zona sul do Rio, e acabou sendo convidado pelo produtor Bernardo Bittencourt para integrar a equipe do selo Albatroz, do cantor Roberto Menescal, como técnico de som. Esse último trabalho foi determinante na carreira de Marcelinho – foi lá que ele conheceu os músicos Márcio Menescal e Alexandre Moreira, com quem montou, em 1997, o bem-sucedido grupo Bossacucanova. Com cinco álbuns lançados, além de turnês fora do Brasil, a banda já é uma referência da nova música popular brasileira. Ainda como técnico da Albatroz, da Lua pôde absorver diversos ritmos musicais, criando um gosto especial pela cena grunge de Seatlle (EUA) e pelo hip hop norte-americano. Como produtor, ele usou esses elementos americanos em gravações de discos de pérolas da MPB, como Wanda Sá, Carlos Lyra e Tito Madi.

 

Em 2004, o DJ lançou seu primeiro disco solo, Tranquilo – que de cara foi um sucesso, graças à nova roupagem eletrônica que ele deu à canção Cotidiano, de Chico Buarque, cantada no disco por Seu Jorge. O clipe dessa música foi premiado no mesmo ano no Video Music Brasil (MTV), como melhor vídeo de música eletrônica, conquista que se repetiu no ano seguinte, com o hit Refazenda, do mesmo álbum. O trabalho ainda trouxe as participações de Black Alien, João Donato, Bi Ribeiro e Mart´nália. Em 2007, ele chegou com o CD Social, novamente recheado de colaborações dos amigos e parceiros Bi Ribeiro e João Donato, além de Ultramen, Amora Pêra, B Negão e João Barone, entre outros. O carro-chefe do álbum foi a canção Papo de Ya Ya – bastante executada pelas rádios de todo o país. De lá para Cá, Marcelinho se apresentou em diversos países, mostrando seus remixes para clássicos da MPB, como Na Rua, na Chuva, na Fazenda e As Dores do Mundo. Além de Que Baque é Esse? (de Lenine) – hit que ficou conhecido na voz de Daniela Mercury. E são por esses fatores que o produtor e DJ é sinônimo de festa animada.

DJ Fausto

Fausto se apresenta na noite mineira há 18 anos, discotecando nos principais eventos culturais da capital mineira e em casas noturnas. O Dj faz parte de duas grandes festas da música black em BH, a “Funk-se” e a “100% Compactos”, ao lado de Djs como Alex C, Luiz Valente e Kowalsky.

SERVIÇO

MARCELINHO DA LUA + DJ FAUSTO

QUANDO: 06 de DEZEMBRO – sexta-feira

HORÁRIO: 18h (Show a partir das 22h)

ENTRADA: R$ 25

ENDEREÇO: Rua Levindo Lopes, 358 – Savassi

INFORMAÇÕES: (31) 3582-5628