Elvira Matilde e Instituto HAHAHA criam projeto

 

Elvira Matilde e Instituto HAHAHA criam projeto na web para levantar fundos para criação de grife do bem

A Elvira Matilde e o Instituto Hahaha lançaram um projeto para a criação de uma grife que tem o objetivo de gerar recursos para o Instituto. Hospedada no site Catarse, a iniciativa precisa atingir o valor de pelo menos R$ 13.500 até 18 de dezembro para ser viabilizada. Caso não atinja a meta estabelecida dentro do prazo, o projeto será anulado e seus apoiadores ressarcidos.

O valor arrecadado servirá para financiar a criação e confecção dos produtos da grife. Com o dinheiro, serão produzidas as primeiras peças para venda. Pagos os custos, parte do resultado das vendas será utilizada diretamente para ajudar a expandir a atuação do grupo, como bancar as visitas em hospitais e a parte restante reinvestida na produção de mais peças.

A grife do bem terá as peças desenhadas pela estilista Gabriela Demarco, proprietária e designer da Elvira Matilde. Além de ajudar, os apoiadores do projeto receberão brindes de acordo com o valor doado.

Contribuindo com R$ 25, o doador ganha um pin metálico e um lindo kit com cinco postais e envelopes exclusivos.Se o valor contribuído for de R$ 50, o doador recebe um agradecimento no site do Instituto Hahaha e ganha de presente um caderno e uma caneca. Contribuindo com R$ 100 ou mais, a pessoa recebe o agradecimento, ganha o pin, uma camiseta e um caderno. R$ 150 ou mais, o doador ganha um agradecimento personalizado no site, o pin, a camiseta,o caderno, umamoleskine (caderninho de bolso) e ainda uma caneca.Acima de R$200, os brindes são dois modelos de camiseta, mais o pin, o caderno, a moleskine e a caneca, além é claro, doagradecimento personalizado no site. Para todas as entregas o frete é grátis.

De acordo com os integrantes do Instituto, “o projeto é muito importante, pois vai contribuir para a sustentabilidade do nosso trabalho. Queremos que as pessoas invistam porque acreditam no que fazemos e também porque curtem as recompensas – acham bonitas, divertidas e realmente vão usar”, explicam.

A Elvira Matilde é apoiadora do Instituto Hahaha desde o seu início. Segundo Gabriela Demarco, “a criação de uma grife irá proporcionar para o Instituto a chance de obter mais verbas para prosseguir com esse maravilhoso trabalho de levar alegria, delicadeza e esperança para as crianças em hospitais e outros ambientes de vulnerabilidade social”.

Sobre o Instituto Hahaha

O Instituto HAHAHA é uma Organização não Governamental, criada com o objetivo de continuar e expandir o trabalho iniciado em 2007 pelos Doutores da Alegria em Belo Horizonte.

Quatro hospitais públicos/filantrópicos da capital mineira recebem nas alas de pediatria o programa de intervenções artísticas de palhaços profissionais. Durante todo o ano, duas vezes por semana, uma dupla de palhaços – os médicos besteirologistas -, visitam leito por leito das alas infantis de alta complexidade. O trabalho atinge também enfermeiras, médicos, administração, pais, visitantes e toda a comunidade hospitalar.

Em 2012, foram realizados cerca de 18 mil atendimentos. Para 2013, estão previstas 20 mil visitas dos artistas, profissionais graduados em artes cênicas e quededicam-se ao trabalho quatro dias por semana, entre as visitas e treinamento permanente, envolvendo a máscara do palhaço, musicalidade, mágica, infectologia e outras disciplinas.

O trabalho é gratuito para os hospitais, mas não é voluntário. Parte das atividades do Instituto incluem-se em projetos beneficiados pelas Leis de Incentivo à Cultura, em âmbito Nacional e Estadual.

Captura de Tela 2013-11-28 às 11.48.13