“ÊXODOS”, DE SEBASTIÃO SALGADO I MUSEU INIMÁ DE PAULA

A partir do dia 29 de agosto, em parceria com o Instituo Terra, o Museu Inimá de Paula exibe a exposição Êxodos, do premiado fotógrafo mineiro Sebastião Salgado. A mostra reúne o trabalho de seis anos obtido durante suas viagens a 40 países. O objetivo das imagens é provocar uma reflexão sobre as questões políticas, sociais e econômicas ao retratar a história de pessoas que foram obrigadas a deixar a terra natal.

“Mais do que nunca, sinto que a raça humana é somente uma. Há diferenças de cores, línguas, culturas e oportunidades, mas os sentimentos e reações das pessoas são semelhantes”.  A frase foi destacada por Sebastião Salgado, na apresentação da exposição fotográfica “Êxodos”, lançada na virada do século, fruto de um trabalho desenvolvido pelo fotógrafo com a parceria de sua esposa, Lélia Deluiz Wanick Salgado.

A exposição “Êxodos” conta a história da humanidade em trânsito.  A história de pessoas que se tornaram migrantes, refugiadas ou exiladas por forças que não têm como controlar, fugindo da pobreza, da repressão ou das guerras.

PrintA mostra especial realizada pelo Museu Inimá de Paula apresenta imagens dos cinco temas centrais de “Êxodos” – África, Luta pela Terra, Refugiados e Migrados, Megacidades e Retratos de Crianças.

Quem visitar a exposição poderá conferir cenas impactantes, que retratam: a fuga de migrantes, refugiados e pessoas deslocadas em diferentes pontos do mundo; a tragédia sem paralelo da África; o êxodo rural, o conflito de terras e a urbanização caótica na América Latina; imagens das novas megalópoles asiáticas e, em cada uma dessas situações extremas, o registro dos que, mesmo em meio ao caos, mantém acesa a chama da esperança, as crianças.

A exposição fotográfica “Êxodos” foi doada por Lélia Deluiz Wanick Salgado e Sebastião Salgado ao Instituto Terra. Os recursos obtidos com a mostra serão destinados ao trabalho da ONG ambiental que promove a recuperação da Mata Atlântica e do Rio Doce.

 

Sobre o Instituto Terra

ONG ambiental fundada por Lélia Deluiz Wanick Salgado e Sebastião Salgado em 1998, no município de Aimorés-MG, o Instituto Terra atua na recuperação da Mata Atlântica, na proteção de nascentes, na educação ambiental e pesquisa científica aplicada, bem como na promoção do desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce. Toda a renda obtida com a exposição será direcionada aos projetos desenvolvidos pelo Instituto Terra e como apoio na sua manutenção.  A experiência bem-sucedida de recuperação ambiental promovida na sede do Instituto Terra, na RPPN Fazenda Bulcão, está sendo replicada em municípios do Espírito Santo e Minas Gerais e já soma mais de 7,5 mil hectares de áreas degradadas de Mata Atlântica em processo de recuperação na região.

 

Sobre o museu

O MUSEU INIMÁ DE PAULA, inaugurado em 2008 e coincidentemente projetado pelo arquiteto Saul Vilela reúne em Belo Horizonte um acervo permanente dedicado ao pintor Inimá, traçando um panorama completo de sua vida e obra. São  expostas cerca de 80 obras do artista em constante rodízio, acompanhadas da remontagem de seu Atelier, Sala de Autorretratos e Galeria Virtual.

O espaço tem como objetivo não somente servir à divulgação da vida e obra do artista, mas também o de abrigar eventos culturais em geral, caracterizando-se com um local aberto a exposições de artistas, seminários, cursos, workshops e outros eventos afins. São mais de 3 mil metros quadrados totalmente restaurados e remodelados com tecnologia de ponta em segurança, iluminação, e recursos visuais únicos, que torna o Museu Inimá de Paula um pólo emissor cultural ativo e dinâmico.

 

SERVIÇO

ÊXODOS – SEBASTIÃO SALGADO
Data: 29 de agosto a 16 de novembro
Local:Museu Inimá de Paula (Rua da Bahia, 1201 – Centro).
Horários:terça, quarta, sexta e sábado: 10h às 19h
Quinta: 12h às 21h
Domingo: 12h às 19h
Informações:(31) 3213-4320

ENTRADA GRATUITA.