Museu Inimá de Paula discute os Quilombos Urbanos na Semana dos Museus

monge-mc por Família de Rua

Entre os dias 18 e 24 de maio, o Museu Inimá de Paula, como parte da Semana dos Museus, promove atividades com a temática “Quilombos Urbanos”. Eles são as reconfigurações da ocupação urbana praticadas por movimentos sociais. A programação gratuita conta com um debate e exibição de dois filmes.

Integrantes do Bloco Afro Angola Janga e o Monge MC, do coletivo Família de Rua, participam de mesa redonda no dia 18 de maio sobre as formas de apropriação do espaço e a arte como instrumento de resistência. Em um primeiro momento, eles irão compartilhar suas trajetórias para depois abrir a conversa para o público presente.

No dia seguinte, será exibido o documentário Vozes da Resistência: os quilombos urbanos de Belo Horizonte, com direção geral de Zuleide Filgueiras, e argumento e direção de conteúdo do defensor Estêvão Ferreira Couto. A obra tem como tema a questão da regularização fundiária do território de três comunidades quilombolas da capital mineira: Luízes, Mangueiras e Manzo Ngunzo Kaiango.

Por meio das reivindicações dos personagens, o documentário denuncia as injustiças históricas, a invisibilidade social, o racismo sofrido, as expressivas perdas territoriais, a falta de acesso aos bens públicos, a violação de direitos humanos, a interferência da cidade na identidade cultural dos grupos e os anseios para o futuro.

Para encerrar a programação, no dia 24 de maio, a antropóloga Clarice Libânio participará de uma sessão comentada do documentário Favela é Isso Aí: seleção do festival “Imagens da Cultura Popular”. A ONG criada pela pesquisadora tem o intuito de contribuir para a redução da discriminação em relação aos moradores de vilas e favelas, promover geração de renda para as artistas, ajudar a prevenir e minimizar a violência, melhorar as condições do fazer artístico e acesso ao mercado cultural.

Programação:

18-05 / Mesa Redonda / 19h30 às 21h
Ocupação da cidade e formas de resistência por meio de eventos culturais – com integrantes do Bloco Afro Angola Janga e Monge MC do coletivo Família de Rua
Entrada gratuita / lotação 130 lugares

19-05 / Exbição de filme / 19h às 20h
Vozes da Resitência – Os quilombos urbanos de Belo Horizonte. Direção de Zuleide Filgueiras e Estêvão Ferreira.
Entrada gratuita

24-05 / Exibição de filme / 14h às 17
Favela é Isso Aí: seleção do festival “Imagens da Cultura Popular”. Sessão comentada com a criadora da ONG Favela é Isso Aí, Clarice Libânio.
Entrada gratuita / lotação 130 lugares

Museu Inimá de Paula
Endereço: R. da Bahia, 1201 – Centro, Belo Horizonte – MG, 30160-011
Telefone:(31) 3213-4320