Museu Inimá de Paula expõe obras de alunos de escolas públicas e privadas

David Loureiro - Desmemórias

Entre os dias 17 de julho e 16 de agosto, o Museu Inimá de Paula recebe a exposição “Traço”. Serão exibidas as obras dos arte-educadores Alexandre Tavera, Brunna Fradde, David Loureiro, Eduardo de Lapouble, Izabela Lima e Samuel Wenceslau, responsáveis por receber, diariamente, crianças para visitas orientadas pelo local.

A seleção de obras a ser apresentada abrange formas diversificadas de pensar a arte, ressaltando sua pluralidade. Estarão expostos trabalhos em fotografia digital, aquarela, gravuras em metal, grafite sobre MDF e instalação – que amplia a noção cultural para diferentes contextos, meios e linguagens. A mostra tem como objetivo retratar a prática do trabalho bruto desenvolvido na faculdade de artes plásticas e artes visuais, com a experiência de ensinar. O artista, enquanto vivo, sempre evidenciou sua vontade de ter um espaço destinado ao incentivo de novos artistas.

Em setembro, será a vez de mostrar uma compilação dos melhores trabalhos feitos pelos alunos do Criança no Museu. Patrocinado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, Banco Itaú e Milplan, o projeto educacional oferece ações educativas, desde 2010, para grupos de escolas públicas e privadas. Ao todo, mais de 45 mil crianças já visitaram o local. As oficinas de artes serão baseadas nas obras do Inimá de Paula e nos próprios trabalhos dos arte-educadores.

O Projeto Arte Educação

A Arte não é só para “gente grande”. Ela auxilia na formação da personalidade de crianças e adolescentes, oferecendo ferramentas para compreender a pluralidade da sociedade e expressar-se. Ciente dos benefícios desse contato, o Museu Inimá de Paula oferece visitas orientadas e oficinas gratuitas, pré-agendadas, de terça-feira a sexta-feira, para turmas de estudantes interessados em conhecer mais sobre o acervo e exposições itinerantes.

No dia da visita, os grupos de até 50 pessoas são recebidos por dois arte-educadores que os orientará durante todo o percurso com duração aproximada de uma hora. Eles serão os mediadores responsáveis por conduzi-los pelo espaço expositivo, apresentando as obras, os temas devidamente propostos e as possibilidades artísticas presentes.

Além de disponibilizar material didático educativo para o professor responsável, para preparações de aulas e projetos, o Museu oferece transporte – mediante agendamento prévio e lanche gratuitos. Após a excursão, os jovens recebem um kit de arte (composto por régua, lápis borracha, caixa de lápis de cor, apontador e bloco de anotações).

Para atender as demandas das diversas escolas da região, a instituição oferece turnos diferenciados. Os horários de 9h e 10h são disponibilizados às terças, quartas e sextas. Na parte da tarde, estão disponíveis os turnos da 14h e 15h30, de terça a sexta, e para visitas do EJA, quintas-feiras, às 19h.

A idade mínima é quatro anos. O agendamento pode ser feito pelo número (31) 3213-4320 ou pelo e-maileducativo@museuinimadepaula.org.br. As instituições de ensino devem enviar dois acompanhantes, além de apresentar a declaração de visita devidamente preenchida.

TAGS: \ \ \ \ \ \ \ \