Orquestra 415 de música antiga

Museu Inimá de Paula recebe peça do compositor alemão Händel

unnamed (1)

No dia 24 de setembro, às 19h, a Orquestra 415 de Música Antiga apresenta os grandes clássicos de um dos maiores compositores do período barroco: Georg Friedrich Händel, no Museu Inimá de Paula. Conhecido pelo drama nos coros de seus oratórios, o artista possui uma riquíssima obra sacra e assinou óperas, cantatas e oratórios para grandes orquestras e corais.

No programa, a solista Camila Correa, acompanhada de orquestra, interpreta “Gloria in Excelsis Deo”. “Sonata em Sol Menor” e “Concerto em Lá Menor” também serão apresentados na grande noite. “Händel é um compositor muito pouco tocado pelas grandes orquestras hoje em dia, pois é preciso ter uma formação reduzida, com instrumentos de época e se dedicar exclusivamente à interpretação barroca”, conta o coordenador da Orquestra 415, André Salles.

A Orquestra 415 de Música Antiga foi criada em 2012 com o objetivo de oferecer ao público um espetáculo único: executar as obras dos grandes gênios barrocos de uma maneira singular. Tem como seu diferencial a utilização de instrumentos como o traverso, a viola da gamba, o violino barroco, a flauta doce, o violoncelo barroco, a guitarra barroca, o alaúde, o fagote barroco e a espineta. Todos réplicas dos instrumentos utilizados nessa época. Essa particularidade e o requinte na interpretação das músicas recriam uma sonoridade única, muito próxima àquelas que as pessoas da época ouviam. “O público terá a oportunidade de ouvir Händel com a sonoridade para a qual ele pensou quando escrevia suas peças”, conta André Salles.

Os ingressos para o concerto custam R$ 20,00 e podem ser adquiridos no local, uma hora antes do evento ou através do telefone (31) 9625-6195.

Händel

Nascido na Alemanha, filho de um cirurgião-barbeiro que não concordava com sua vocação para a música, Händel começou a tocar cravo às encondidas. Em uma  visita a corte de Saxe-Weissenfels, o duque gostou de sua apresentação no órgão e pediu a seu pai para colocá-lo sob tutela de F.W. Zachau, organista da igreja de Nossa Senhora de Halle. Händel já era um fenômeno no cravo e órgão com apenas 11 anos. Compôs a primeira ópera, “Almira”, apresentada em Hamburgo, em 1705. Passou a maior parte de sua vida em Londres, onde, superando todas as dificuldades, realizou o supremo ideal do Barroco. Naturalizou-se inglês em 1726, quando já era compositor oficial da corte inglesa.

Serviço

Orquestra 415 de Música Antiga

Data: 24/9 (quinta-feira);

Horário: às 19h;

Local: Museu Inimá de Paula (rua da Bahia, 1201);

Convites: R$ 20,00.