Última semana para conferir a exposição “Trajetórias”, no Inimá de Paula

IMG_2851-2

Ainda dá tempo de visitar a exposição “Trajetórias”, em cartaz no Museu Inimá de Paula. Com curadoria de Sandra Mimoto Torres, a mostra das artistas Marinella Uxa e Valdelice Neves chega ao fim no dia 31 de maio. Com a natureza como mote, a mostra aborda a id​e​ia quântica do universo, onde os elementos primordiais, como água, ar, fogo e terra, estão presentes e muito ligados ​à​ humanidade.

O trabalho multidisciplinar de Valdelice, expresso em esculturas, pinturas, vídeo, fotomontagem e literatura, não só instiga o interlocutor, como o transporta para o ambiente amazônico. São ​obras de ninhos, casas de marimbondos flecheiros, sons da floresta amazônica, tramas urdidas na mata e muitos objetos de cores exuberantes. A pesquisa sobre o pássaro João-Congo, realizada em mais de 30 anos, apresenta, ainda, depoimentos em vídeo das populações ribeirinhas da ​região​ Amazônica, relatando os problemas ​causados pelo desmatamento​, além de apelos comoventes para a preservação da natureza. Já o trabalho de Marinella é apresentado em suas várias fases de produção. Os quadros tridimensionais da série​”​Mutações Interativas – Aliens​”​, tem um impacto visual extremo, representando nossos demônios interiores. Na série ​”​Efervescência​”, as esferas são as próprias células da vida, com desenhos que ​mesclam padrões renascentistas e indígenas. Seu elaborado sistema de arte gráfica retrata, em desenhos geométricos, os elementos da natureza e a representação de seres sobrenaturais ou elementos simbólicos.

A exposição está aberta de terça à sábado, das 10h às 18h30, quinta-feira, das 12h às 20h30 e domingo, das 12h às 18h30. A entrada é gratuita.