ATIVIDADE FÍSICA NO FRIO: SAIBA COMO SE MANTER MOTIVADO

O inverno ainda não chegou, mas as temperaturas já começaram a baixar na capital mineira. Nessa época do ano é grande a possibilidade de o corpo adquirir certo ar preguiçoso, de total desprezo aos exercícios físicos. Alguns indicadores afirmam que cerca de 30% das pessoas que geralmente se exercitam simplesmente não fazem nenhum tipo de atividade física nessa estação do ano.

Se dedicar a atividades divertidas é o segredo para superar o desânimo e manter a boa forma também nos dias frios. A ideia é fugir da monotonia com treinos rápidos, que misturam exercícios aeróbicos com ginástica localizada. Algumas aulas exigem mais do organismo e fazem transpirar, mesmo no frio. Encarar uma hora de spinning ou muay thai pode ser muito mais agradável durante o inverno do que em dias de calor escaldante.

 

Aulas coletivas como Indoor Cycle e aulas de dança podem ser boas opções, pois têm excelente gasto energético, aprimoram o condicionamento aeróbio e um aluno motiva o outro. Alguns comportamentos são preciosos para se manter ativo, como treinar em locais fechados. Se você está acostumado ao ar livre, uma boa opção é trocar esse espaço pelas academias e locais que possuem climatização. Ou escolha um horário em que o calor dos raios do sol estimule seus músculos ao exercício físico.

 

O treino nas temperaturas mais baixas reduz as chances de doenças do inverno, principalmente nas atividades aquáticas. “Passamos exercícios mais dinâmicos, e os benefícios da natação se mantêm neste período. Controle do peso, condicionamento físico e o fortalecimento dos músculos torácicos através da respiração, o que ajuda prevenir e minimizar os sintomas de doenças respiratórias mais incidentes no inverno”, afirma o professor de natação da Bodytech Savassi, Pedro Marques.

 

Segundo Marques, outra boa saída são as aulas de hidroginástica ou a modalidade Acqua Float. “É uma aula onde utilizamos exercícios feitos no seco, como: abdominais, flexões, saltos e agachamentos, porém em cima de uma prancha. Por se tratar de uma base instável, a aula se torna muita mais desafiadora, assim gerando uma motivação”, garante o professor. Na Bodytech as piscinas são aquecidas e se mantém em uma temperatura agradável, o que torna a aula mais convidativa. Mas é preciso tomar alguns cuidados. “Por se tratar de um ambiente úmido, devemos estar sempre agasalhados antes e após entrar na piscina e após. O banho deve ser rápido e em temperatura morna”, alerta.  

 

Investir em alongamento e aquecimento é imprescindível para evitar distensões de músculos e tendões, pois contraímos os músculos para reter calor e esse enrijecimento provoca uma dificuldade de movimentação. O organismo gasta, naturalmente, um pouco mais de calorias no inverno para manter o corpo na temperatura ideal para o seu bom funcionamento. Proteger o corpo com roupas quentes ajuda a obter um melhor resultado no aquecimento. Mas não é necessário exagerar. Prefira os agasalhos de algodão, retirando-os somente após o aquecimento. Após o término da atividade, recoloque-o. Já as blusas emborrachadas e impermeáveis, como as jaquetas de náilon, são proibidas, pois não permitem a transpiração e não absorvem calor, o que aumenta a temperatura corporal e causa mal-estar. Não descuidar da hidratação é outro ponto.