Prima Linea inaugura flagship exclusiva para arquitetos e decoradores

Studio será inaugurado dia 1º de julho no Ponteio Lar Shopping

IMG_2878

Como parte das comemorações pelos seus 32 anos, a Prima Linea investe em um projeto inusitado no mercado de móveis e arquitetura. Trata-se de sua nova loja conceito, a Prima Linea Studio, que será inaugurada dia 1º de julho (quarta-feira), no 2º piso do Ponteio Lar Shopping. Na ocasião, a grife apresenta a Prima Linea Design, dedicada a móveis da sala de jantar, que será reaberta após um período de reformas para otimizar o espaço e ganhar um design mais moderno.

Assinado por Flávia Gomes e Ana Zaramella, o Studio de 450 m² possui um projeto arquitetônico glamuroso. O local foi dividido em dois pavimentos, para segmentar seus públicos-alvo e oferecer um atendimento customizado. O primeiro abrigará o showroom da marca, com uma linha exclusiva de móveis arrojados, produzidos especialmente pelos designers Fernando Sá Motta, Angélica Araújo e Olavo Machado Neto para a Prima Linea.​

O segundo andar contará com mesas de reuniões e uma tela de 100 polegadas, para receber os arquitetos e decoradores. “Aqui, o profissional poderá imprimir seus projetos, fazer workshops, atender seus clientes ou até mesmo se dedicar à criação”, explica o diretor da Prima Linea, Breno Noronha.

No Studio, a marca também irá promover palestras com profissionais renomados nacional e internacionalmente. Em agosto, o espaço recebe o conceituado arquiteto português Pedro Barata. “Queremos acolher todos os nossos públicos. Acreditamos que, quando segmentamos nossos produtos em lojas, conseguimos atender melhor às expectativas do cliente, pois nos tornamos mais especialistas naquilo que estamos nos propondo a fazer”, conta Noronha.

A marca

Inaugurada em 1983 pelo casal Iliana Pirfo e Eduardo Noronha, a Prima Linea está presente em 12 lojas de alta decoração, sendo sete em Minas Gerais e cinco em Brasília. A marca oferece uma variedade de móveis criados a partir das últimas tendências do design mundial. Os objetos são executados com extremo cuidado por artesãos da madeira e do estofado, em fábrica própria, em Ribeirão das Neves. São utilizados equipamentos italianos de ponta e materiais selecionados com o máximo critério.

Os produtos estão divididos em três linhas: Prima Linea Design, destinada aos móveis de sala de estar, jantar, tapetes e acessórios; a Prima Linea Dormicentro, com lojas exclusivas de produtos para o quarto, como camas, criados, cômodas, cabeceiras, estantes, travesseiros e colchões dos mais importantes fabricantes mundiais; e os Sofás Natuzzi, que traz a qualidade e o trabalho artesanal da marca referência em couro. O grupo Natuzzi é, atualmente, o maior produtor de sofás e o único player global presente em 123 países e cinco continentes.

Projetos de arquitetura ganham espaço em ambientes corporativos

Empresas investem em design para melhorar os resultados financeiros e operacionais

4

Cada vez mais, empresas  estão investindo em projetos de arquitetura para melhores resultados financeiros e operacionais. Isso porque, o papel de um arquiteto em um ambiente corporativo vai muito além de decorações e layouts. Além de ajudar a fortalecer a identidade de uma marca e causar uma boa impressão nos clientes, a decoração é importante para otimizar espaços, criar uma maior sinergia entre os funcionários e interligar os setores, deixando a rotina da empresa mais fácil e prática.

Segundo o arquiteto Junior Piacesi, responsável pelos projetos de empresas como American, Ventanas da Serra e Massari, o principal desafio é a criação de ambientes funcionais, capazes de agilizar os processos de produção e ajudar no fluxo de informação. “Isso tudo, sem esquecer de adaptar as normas da ABNT ao local”, conta.

De olho nas tendências dos maiores salões de móveis do mundo, como a Feira de Móveis de Milão, Junior destaca algumas ações importantes para a arquitetura corporativa. Em seus projetos, o arquiteto gosta de apostar em móveis inteligentes, para melhor aproveitamento do espaço. “Mesas que viram prateleiras quando suspensas e mesas que viram balcões, por exemplo, são ótimas escolhas para esse tipo de local”, diz.

Trocar as tradicionais paredes pelas divisórias também é importante para a saúde da empresa. “É necessário ajudar na socialização, assim, as informações chegam mais rápido. O ideal é que as divisórias sejam baixas e feitas com materiais acústicos. Sem contar que esses móveis são mais fáceis de montar, são mais baratos do que construir salas, e ficam mais arrojados”, garante Piacesi.

Detalhes como a iluminação fazem toda a diferença em ambientes corporativos. Uma alternativa, segundo o arquiteto, são as mesas com luzes individuais. “A iluminação é a maior responsável pelo conforto. Se muito clara, cansa a vista. Se muito escura, também. O ideal é aproveitar a luminosidade natural. Mas, caso o ambiente não tenha amplas janelas, pode-se colocar luzes em cada mesa. Elas garantem, ainda, mais economia na conta”.

A arquitetura empresarial está tão em alta, potencializada pelo surgimento de novas marcas de móveis especializados, que este ano, a Feira de Milão apresentou, pela primeira vez, o Salão do Ufficio, voltado para ambientes corporativos. “É um mercado que está em expansão, pois as pessoas, hoje em dia, ficam mais tempo no trabalho do que em casa.”, conclui.

A arquitetura corporativa deve expressar o DNA da empresa e o que ela pretende alcançar. Feita com sucesso, contribui para uma estrutura de trabalho mais ágil e organizada. “Uma boa arquitetura empresarial pensa até na economia de papel que a empresa terá”, garante Piacesi.

 

JUNIOR PIACESI É DESTAQUE NA 20ª EDIÇÃO DA CASA COR MG

A Casa Cor Minas Gerais comemora 20 anos e a sede da edição 2014 será uma atração à parte, em meio às árvores e à paisagem exuberante de São Sebastião das Águas laras, em Macacos. O evento será realizado onde está sendo construído o apart hotel “Vila Gaya” e vai ocupar 34 dos 90 apartamentos que o condomínio terá no futuro.

 

Os profissionais que participam da Casa Cor vão decorar apartamentos temáticos de acordo com o modo de vida de pessoas que gostam de cozinha, de música, moda, entre outros hábitos. Cinco espaços vão manter as especificações do padrão do empreendimento. Em outros, os profissionais terão liberdade de mudar parte da estrutura, e existem ainda os apartamentos onde a liberdade vai ser total.

_JBF4067

O espaço criado pelo arquiteto Junior Piacesi é um dos destaques da mostra e prima pela simplicidade e bem estar. Alinhado ao novo conceito de ressignificação do luxo, o profissional apresenta um projeto clean, em que o importante é valorizar os pequenos prazeres e a exploração de experiências sensoriais. Por isso, Piacesi procurou transformar o ambiente em uma espécie de mini SPA, onde o usuário pode relaxar e se distanciar do caos e do excesso de informação presente nas nossas cidades.

 

Na iluminação, Junior utilizou lâmpadas fluorescentes, que formam um desenho inusitado no teto e paredes. O apartamento conta ainda com uma lareira, estrategicamente posicionada ao lado do futon, criando um espaço aconchegante e despojado.

 

Piacesi Arquitetos Associados

Junior Piacesi e sua equipe desenvolvem projetos nas mais distintas áreas – arquitetura corporativa, residencial, comercial, hoteleira, cenografia -, do primeiro croqui à entrega da obra. A inspiração está na simplicidade e no minimalismo que os levam a realizar os desejos dos clientes, através de um traço original e da singularidade de cada projeto. Os profissionais buscam sempre levar qualidade de vida a diferentes modos de viver, trabalhar e experimentar o espaço.

 

 

 

Serviço:
Casa Cor Minas Gerais 2014

Data: 13 de novembro a 16 de dezembro

Local: Estrada São Sebastião das Águas Claras, 1289 – Macacos

Horário de Funcionamento: de quarta a sexta-feira, das 16h às 22 horas; sábado das 13h às 22 horas e domingo, das 13 h às 19 horas

Outras informações no site: casacor.com.br/minasgerais