Atores mirins participam de tarde de autógrafos na loja Monnalisa

Kiria Malheiros

Os atores globais Kiria Malheiros, Nathalia Costa, Gabriel Palhares e JP Rufino marcarão presença, no dia 19 de agosto, às 16h, na loja da Monnalisa, no bairro de Lourdes, para tirar fotos com os fãs mirins. Mais tarde, às 20h, as celebridades sobem na passarela do Proação para mostrar os destaques da coleção de verão 2016 da grife infantil.

Para a temporada mais quente do ano, a marca trouxe os clássicos do cinema dos anos 1920 e dos anos 1950, reinterpretados com um divertido frescor. Roupas moldadas com neoprene, casacos iluminados por pedras coloridas e saias de cintura alta ganharam vida em estampas florais, looks total white e detalhes em lurex, para as meninas. Na linha Hitch-Hiker, os garotos aparecem estilosos com camisas tingidas de musselina, casacos de neoprene e calças slim-fit. Blusas com estampas de zebras e leões completam o visual safári.

Lançamento linha baby masculina Monnalisa

284304+411

Não é de hoje que os garotos estão antenados na moda. Pensando nisto, a grife de roupas infantis Monnalisa lançou, em sua coleção de inverno, a linha baby masculina, para deixar os pequenos homenzinhos super estilosos.

Feita para crianças de 3 meses a 14 anos, a marca propõe um look chique, mas despreocupado. São casacos com corte em veludo, camisas check com caimento em malha, estampas urbanos-chiques divertidas, gravatas, jaquetas rescate, casacos ultraleves e casaquinhos de lãs, em tons como azul noite, verde floresta e cinza metálico, para compor o visual dos verdadeiros pequenos lordes.

Queridinha entre as celebridades mirins, as roupas da marca estão sempre entre as opções da mini fashionista Suri Cruise – filha dos atores Tom Cruise e Katie Holmes; e das filhas da atriz americana e ícone fashion Sarah Jessica Parker. As brasileiras também já elegeram a grife como preferida, as filhas das apresentadoras Angélica e Ticiane Pinheiro sempre usam Monnalisa. Fundada em 1968 pelos italianos Piero Iacomoni e Barbara Bertocci, a grife tem como filosofia a combinação única entre empreendedorismo, inovação, modelagem diferenciada e busca por novos mercados. Em Belo Horizonte, a loja está localizada no bairro de Lourdes (Rua São Paulo, 2150).

Colônia de férias BodyTech

Oficina de artesanato

Julho é sinônimo de férias escolares, momento desejado por todas as crianças que, durante o ano, passaram horas dentro das salas de aula. Para evitar que o recesso deixe a meninada entediada, as colônias de férias surgem como opções para manter os pequenos ocupados neste período.

A colônia da Bodytech é a solução perfeita para pais e filhos. De 20 a 24 de julho, a criançada poderá participar de um circuito de atividades desenvolvido especialmente para elas na unidade Savassi. Na Bodytech Belvedere serão duas semanas de colônia, de 20 a 30 de julho. Destaque para as aulas de recreação na piscina, oficina de artesanato, culinária divertida e brinquedos infláveis.

Podem participar crianças de 4 a 12 anos, clientes ou não da Bodytech. Para se inscrever basta ir até uma das unidades e garantir a vaga. O valor por semana custa R$ 190 (alunos) e R$ 205 (não alunos) com alimentação inclusa, além de um kit exclusivo com camiseta, bolsa e touca de natação.

Bodytech Savassi

Rua Pernambuco, 618 – Funcionários – Tel: (31) 3262 1111

Bodytech Belvedere

Av. Paulo Camilo Pena, 732 – Belvedere Tel: (31) 3264 1111

Entrar em contato com as artes desde cedo é fundamental para o aprendizado escolar, aponta estudo

Projeto educativo do Museu Inimá de Paula contribui para a educação e inclusão social através da cultura

BRAZIL- MINAS GERAIS - BELO HORIZONTE- Works by Brazilian photographer Gualter Naves. Visita escolar ao Museu Inim‡. Exposi‹o Hotel Esplendido e Incurs›es. .

Uma pesquisa feita pelo Crystal Bridges Museum of American Art, nos Estados Unidos, com 11 mil estudantes e 500 professores, constatou que jovens que mantém interesse pelas artes e cultura, apresentam mais tolerância, desenvolvimento de pensamento mais rápido e facilidade para desenvolver mais habilidades.

Desde muito cedo, tudo vira objeto de investigação nas mãos dos pequenos. Por isso, é fundamental estimular a experimentação da arte nessa fase, levando-os a museus, parques, exposições e galerias. Crianças interessadas em coleções, histórias, arte e cultura têm grandes chances de tornarem-se adultos mais sensíveis e com maior senso critico. Pensando nisso, o Museu Inimá de Paula desenvolveu o projeto Arte Educação, em que oferece visitas guiadas e oficinas para turmas de estudantes.

Apoiado pela Lei de Incentivo a Cultura (Lei Rouanet) e com patrocínio do Banco Itaú, o projeto foi criado em 2010 e já recebeu mais de 45 mil alunos de escolas públicas e privadas.

Antes do passeio, o museu disponibiliza para o professor um material didático educativo, para que a preparação das aulas e projetos aplicados aconteça da melhor forma. No dia da visita, os grupos de até 50 pessoas são recebidos por um arte-educador que os orienta durante todo o percurso. Para as crianças, a história do artista Inimá de Paula é contada por duas atrizes de teatro, facilitando a compreensão dos alunos menores.

O Projeto oferece transporte às escolas e grupos carentes (municipais, estaduais e federais). As visitas com transporte são para, no máximo, 45 alunos por vez, respeitando os limites de segurança e capacidade do ônibus. Todos os alunos recebem lanche gratuito. Após a excursão, os jovens recebem um kit de arte (composto por régua, lápis, borracha, caixa de lápis de cor, apontador, bloco de anotações).

Para atender as demandas das diversas escolas da região, a instituição oferece turnos diferenciados. Os horários de 09h e 10h são disponibilizados às terças, quartas e sextas. Na parte da tarde, estão disponíveis os turnos da 14h e 15h30, de terça a sexta. A única opção noturna é na quinta-feira, às 19h.

A idade mínima é quatro anos. As instituições de ensino devem enviar dois acompanhantes, além de apresentar a declaração de visita devidamente preenchida.